sexta-feira, 13 de novembro de 2009

NO INVERNO DA VIDA


Aquela Senhora de rosto sereno, cabelo da cor da neve, olhos tristes e pensativos
como a recordar a vida que dedicou aos seus sem nada cobrar.
Deu amor carinho e atenção, desprendeu-se de tudo para nada lhes recusar.
Algum agradecimento por se anular?
Não... Foi incompreendida a sua entrega desmedida. Merecia ...Ai se merecia!!!
Ter um sítio para descansar, alguém que lhe fizesse o pequeno almoço e o fosse à cama levar.
Ver um sorriso no rosto dos que ajudou a criar, uma palavra de amor e um beijar.
Que a levassem de vez em quando a passear, oferecerem-lhe um geladinho para o saborear.
E ela continua a pensar!!!
Mas o que estou eu a pensar? Eles tem a vida ocupada, num corre corre para muito ganhar
e vão-se agora lembrar.
Pensaram, pois pensaram em metê-la num lar, era um impecilho. Ela sente-se cada dia mais entristecida foi posta num canto para não estorvar. Nem quando fez anos de lembraram de a visitar.
Coitados ... têm a vida ocupada, pensa ela resignada!!!
Um dia lembraram-se de a visitar.
Lá estava ela sentada, rosto sereno, cabelo cor da neve.
Está a dormitar disseram-lhes as pessoas do lar.
Aproximaram-se dela e repararam que tinha adormecido serenamente, parecia que estava sorrindo, porque estava a ter um sonho lindo, que a vinham buscar, para a mimar.
Era tarde, o inverno para ela tinha chegado!!!

F.Campos

34 comentários:

Fatima disse...

Lindo texto querida!
Tenho medo de envelhecer assim sozinha, meio que abandonada, depois de tudo que passamos na vida, é um fim muito triste.
Bjs.

Pena disse...

Oh, Doce Amiga:
A sua empatia, valor humano fazem milagres. Lindo. Linda, como VOCÊ é e significa para o mundo. que comporta vários mundos.
Parabéns sinceros.
Adorei. O som que sai da sua conduta que não comporta um lar de Terceira Idade faz deliciar. Comover de alegria na compreensão e encanto de uma vida vivida na sua amplitude do amor que distribuiu. Enternecedor. Fortalece corações e fascina de ternura, carinho e dedicação.
Beijinhos mil.
Com respeito imenso.
Beijinhos de gratidão por ter uma fabulosa amiga assim.

pena

MUITO OBRIGADO pela honra e simpatia da sua visita terna.
Bem-Haja, extraordinária amiga de sonho!

as arteiras disse...

Olá, Kotta!
Que lindo!
Sabe que é bom ter nossos velhinhos, sempre conosco?
Quero ficar bem velhinha, conectada com o mundo vendo sua evolução.Tenho uma vó postiça, ela tem 90 anos e é lucida, sabe tudo o que acontece. Ela é avó de meu marido, é linda!
Tenha um bom final de semana!
Bjs!!!
As arteiras

Bia Maia disse...

Linda Kotta...

Nós vamos envelhecer um dia...por isto devemos pensar bem em nossas atitudes de hoje...pois pode ser o que vamos colher amanhã...

um beijo em seu coração, e lindo final de semana,

Biazinha

Daniel Silva (Lobinho) disse...

A minha Mãe nao estava num lar apesar de ter cabelos brancos e a fragilidade da idade. Mora agora em mim. Mas independentemente da minha história particular, este texto é terrivelmente real e muito comovente.

retiro-me... com um beijo sempre amigo

Rosan disse...

Kotta.
o outono e inverno da vida vem para muitos e que bom os familiares lhes valorizam o aprendizado e a companhia,
infelismente nem sempre é assim e não sabemos nós como seremos tratados no inverno de nossos dias,,,
talvez com uma saude precária em algum azilo...
tomara que os filhos tenham sempre a compreensão que a velhice vem para a amioria das pessoas...
muito lindo este texto, nos faz pensar em nosso inverno...
beijo

Lira Santos disse...

é triste mas é assim,
Vejo a um casal ja com seus 80 anos,
que ele trabalhou a vida enteira guardando dinheiro e construindo para os filhos
..
Até fez uma casinha no pueblo para a velhice...e agora se encontram que os filhos trabalham e ñ tem tempo,os parentes ñ os visitam para ñ sentirem se mal por veloz tao mau...
Isso é normal???????
Toda uma vida para os filhos e ?????
Ñ existem explicaçoes plausiveis..eu ñ entendo...
beijos

.......██▒▒██
.........██▒▒▒██
    █▒▒▒▒▒▒██
    █▒▒▒▒▒▒▒██
   ██▒▒▒▓▓▓▒▒██  █
   █▒▒▒▓▓▓▓▒▒▒█   █
  ██▒▒▒▓▓▓▓▓▒▒█   █
  █▒▒▒▓▓▓▓▓▓▒▒█   █
  █▒▒▒▓▓▓▓▓▓▒▒█ ████████
  ██▒▒▓▓▓▓▓▓▒▒█ █████  █
   █▒▒▒▓▓▓▓▒▒▒██████
   ██▒▒▒▓▓▒▒▒█████████████████
  ████▒▒▒▒▒▒██████▒▒▒▒▒▒▒▒▒▒▒▒██ ██▒▒██▒▒▒▒██████▒▒▒▓▓▓▓▓▓▒▒▒▒▒██_
██▒▒▒▒██▒▒██████▒▒▒▓▓▓▓▓▓▓▓▒▒▒▒██
█▒▒▒▒▒▒████████▒▒▒▓▓▓▓▓▓▓▓▓▒▒▒▒█
█▒▒▒▒▒▒▒▒█████▒▒▒▓▓▓▓▓▓▓▓▓▒▒▒▒██
██▒▒▒▒▒▒█████▒▒▒▒▓▓▓▓▓▓▓▓▒▒▒███ ██▒▒▒▒▒███▒██▒▒▒▒▓▓▓▓▓▒▒▒▒██
  ███████▒▒▒▒██▒▒▒▒▒▒▒▒▒████
      █▒▒▒▒▒▒▒██████████
      ██▒▒▒▒▒▒▒██
       ██▒▒▒▒▒▒██
        ██▒▒▒▒██
         █████.......
Um feliz fim de semana!!!

Ricardo Calmon disse...

Post importante a vida em maturidade toda muitas vezes a propria sorte deixado!

viva vida

*-._.-* Graciete *-._.-* disse...

Sentimentos da pura realidade, ou seja o caminho da maior parte da humanidade.
Ó não fossemos nós os espelhos uns dos outros.
Eu nestes casos prefiro que as palavras me morram na garganta.
Beijos de luz minha querida

comunicadoras disse...

Emocionou-me este teu texto lindo; é a realidade da grande maioria dos nossos idosos; os jovens esquecem-se que os nossos velhinhos tinham a vida atribulada, mais difícil do que a de hoje, mas nunca puseram os filhos fora de casa e, se não tivessem o que comer, ficavam eles com fome, mas os filhos não; esquecem-se também que um dia serão eles velhos e os filhos deles seguirão o exemplo dos pais; se os avós estorvaram, os pais deles, um dia avós também, irão ocupar espaço, irão dar trabalho e por isso a solução é esquecê-los em um lugar qualquer. Admito que às vezes é até melhor para os idosos ficarem num lugar onde possam ter todos os cuidados de saúde que não poderiam ter em casa, o que não aceito de maneira alguma é que os coloquem lá e nunca mais se lembrem deles; nesse caso, não foi por necessidade que os colocaram lá, foi mesmo porque eram um estorvo; mas um dia eles vão entender tudo isso se a vida lhes permitir que cheguem a velhos; vão ser idosos e de certeza que vão ser tratados do mesmo modo, pois os filhos não aprenderam a tratar o idoso de outra maneira. Parabéns, Kotta pelo tema. Um beijinho e um bom fim de semana

Rafeiro Perfumado disse...

Infelizmente o que não falta por esse mundo são idosos a viverem uma permanente invernia. Beijo.

R.Ferrari disse...

Extremamente forte. Muito profundo. Precisamos refletir sobre o que estamos fazendo com as nossas vidas e daqueles que nos cercam. Quando pequenos, somos cuidados por nossos pais. Quando crescemos, em que a ordem se torna inversa e temos que cuidar de nossos pais, bem,... ai estamos muito ocupados. Como serão nossos filhos conosco, se não ensinarmos o bom caminho. Que Deus tenha misecordia de nossas vidas.
Um belo poema, que aborda a crescente frieza do coração humano. PARABÉNS.

Wanderley Elian Lima disse...

Olá amiga Kotta, é muito triste chegar à velhice só, sem o carinho dos parentes antes tão querido. Os idosos merecem todo nosso respeito e carinho.
Beijos

Ricardo Calmon disse...

Olá Amada Miga Kotta:

agradeço a voce comentario lindô me cumprimentando em natalício,merci!
Teamamos,pessoa linda e miga nossa!

Viva Vida!

amordemadrugada disse...

já vi ke a inspiraçao voltou! E de ke maneira!
está iNVERNO,SIM...No me gusta
Um beijito Kotta

(Carlos Soares) disse...

Nem me fale. Isso é muuito triste. O texto é lindo

Mariana disse...

o texto é lindo, mas triste, e sabemos que ele é bem real .
Beijos

Helena Teixeira disse...

Olá Kotta!
Bonito e sensível texto.Há tantos séniores sós,ou que não lhe é dado o merecido valor...Minha avó continua em casa,é viúva,mas desde que vai para o Centro de Dia durante as tardes,que rejuvenesceu.Lá fazem imensas actividades,têm até médico e ginástica.Ela tem 85 anos e fisicamente está lindíssima.
Jocas gordas
Lena
da Aldeia e do Clube das Mulheres Beiras

Alvaro Oliveira disse...

Olá amiga Kota

Considerando o facto de não conseguir ler, passei para marcar
minha presença e lhe desejar um bom fim de semana

beijos

Alvaro

Mariana disse...

Passei aqui para ler-te e deixo um grande abraço e o desejo que o teu fim de semana seja lindo.
beijos

Sônia disse...

Esse texto quase me fez chorar...
foi um dos melhores q vc fez q e eu li... Parabéns!

Estela disse...

Um texto muito comovente.
Bjs.

Pena disse...

Admirável Amiga:
Um texto significativo de muita beleza e ternura que jorram, encantadaromente, de si, maravilhosa amiguinha.
Beijinhos pelo seu gesto fabuloso.
Numa só palavra: LINDO!
Beijinhos de pasmo e sensível ao seu ser deslumbrante e a um extraordinário sentir doce.

pena

DIVINAL. SUBLIME!

Ao toque do Amor disse...

oi,moça...vim te pedrir pra vir ao toque e ler uma decl. de amizade pra vc.
san

Sandra disse...

Mulher, onde andas???
Nunca mais apareceu!!!
Fiquei pensando esta semana, onde estaras aquela bela mulher.
Preciso rever novamente.

Estou com saudades.
Venha para Curiosa, Venha buscar os selos Amizades Ninguém rompe e Amigos Pérolas.
Te esperarei com maior carinho.

Também no texto da interação de amigos.

Minha Linda, quanto tempo já se passou!!!
Venha te espero.
Com muito carinho
Sandra

▒▓█► JOTA ENE disse...

ººº
SEM PALAVRAS...


Bjos

MARIINHA disse...

Olá amiga,
Há tempo que não publicas nada. Espero que estejas bem, porque passaste pela Mansarda. Ontem e hoje dediquei-me a passar pelos cantos dos amigos, o que não fazia há alguns dias. Quro dar-te os parabéns por este belo texto sobre o abandono dos mais idosos. Sim porque muitos são despejados nos lares e ninguém mais se lembra deles. É muito triste. Não sei se leste um dos meus posts, falava exactamente na minha preocupação com um casal idoso da minha família, que não têm filhos. Somos 4 sobrinhos que tomamos conta deles. Fiquei muito feliz, porque conseguimos resolver as coisas, de modo a que eles continuem juntos na sua casa.Enquanto se puder vai ser assim.
Beijinhos Kotta

~❤ ~º♥º ~Graciete ~º♥º~❤ ~ disse...

Amiga que se passa, já estou a achar a demora demasiado longa?
Espero noticias, beijinhos de luz em seu coração

Maria José disse...

Kotta. Lindo texto. Infelizmente muitos idosos são deixados de lado. O mundo de hoje é tão corrido, a ganância pelo consumo é tão grande, que não sobra espaço para eles. É uma pena, uma falta de amor...
Estou passando aqui para dar um olá, regar nossa amizade e divulgar um blog bem interessante (http://cinemaespirita.blogspot.com/). Passe por lá. Você vai gostar. Obrigada e um grande beijo.

Maria Izabel Viégas disse...

Querida Kotta,
vim até aqui por estar com saudades tuas...
tenho estado a correr...
E enconto este texto de sensiblidade infinda. Lindo e triste.

Sinto, querida, que as pessoas estão tão voltadas para si mesmas, que nem sei se são só os idosos os abandonados. Há em muitas pessoas uma letargia...um egoísmo profundo e feio.
Um consumismo tipo existencial:
"Esta pessoa me serve, serve aos meus propósitos...então eu olho para ela. não me dará nada em troca...deixo-a para lá!"
E assim seguem , passando por cima de outros seres...em busca de uma felicidade, de uma febril alegria, que sem a caridade, sem o amor puro - nunca virá.

Suas palavras são um alerta, quisera que todos as ouvissem! E voltassem a sentir mais compaixão, mais carinho ...
Benditos povos ancestrais que louvavam os seus velhos e ouviam a voz da sua sabedoria.
Não tinham luzes elétricas ... mas tinham a Luz do Amor e Respeito em sua alma!
Mil beijos no teu coração!
linda mensagem.
Que Deus sempre a abençoe!

Sandra disse...

Passei para deixar um bom dia a vc. e perguntar, se esta tudo bem contigo??
nunca mais veio.
Que Deus te abençoe em todos os momentos de sua vida.
Um grande abraço
Sandra

Nely disse...

Espero que estejas bem, tenho sentido a tua falta.
Tens uma Declaração de afecto no meu blog, entre AS MINHAS PÉTALAS...
Regressa rápido!
Beijo amigo.

JAIRCLOPES disse...

Sempre que aqui venho sinto que vale a pena. Minha alma se eleva. Bom ano de 2010 para você Kotta.

Geny disse...

Oi Kotta!!!
Adorei este texto, são casos de vida que acontesse muito hoje em dia...
Eu trabalho num lar de idosos, e digo que há casos muito trites mesmo... Eu queria levar este texto, mas não sei como lhe dar os creditos, se coloco o seu nome ou o seu blog. Tenha uma linda semana...