sexta-feira, 2 de outubro de 2009

ENCONTREI-TE


VI-TE POR ACASO NAQUELA TARDE ...
E ESTE CORAÇÃO MALVADO...
QUE EU JULGAVA ADORMECIDO...
SALTOU COMO ESPICAÇADO...
E NUM SEGUNDO...REVIVI TODO O MEU PASSADO.
ÁH PASSADO !!!
VOLTASTE EM FORÇA MALVADO...
VIESTE MEXER NO QUE ESTAVA SOSSEGADO...
E AGORA ?
COMO VOU CONTER AS LÁGRIMAS...
QUE TENHO GUARDADAS AINDA...
COMO VOU SONHAR QUE ESTÁS A MEU LADO...
SE ESTE CORAÇÃO BATEU COMO NO PASSADO...
MALVADO, VIESTE DESENTERRAR O QUE ESTAVA ENTERRADO...
NÓS ÉRAMOS UMA LINHA CONTÍNUA...
QUE FOI CORTADA AO MEIO PELO TRACEJADO...
UM SEGUIU EM FRENTE, OUTRO FICOU ABANDONADO...
ENCONTREI-TE...
MAS PARA QUÊ ?
SE AMBOS TEMOS AMORES DESENCONTRADOS !!!!

F.Campos