sábado, 15 de maio de 2010

FLOR DO VENTO


VENTO AMIGO
Procuro-te por becos, vielas e ruas estreitinhas...
Pelos cantos e recantos.
Pergunto ao vento que passa por mim em correria...
Viste vento por aí o sentimento que me daria alegria.
Pobre amor, perdido na escuridão...
Tão só... Mas rodeado de multidão.
Procuro-o desesperada e em aflição.
Leviano, correu atrás de uma ilusão...
Peço-te vento se o encontrares tenta chamá-lo à razão...
Diz-lhe que o procuro com sofreguidão...
Tenho um lugar guardado no meu coração...
Procura-o vento !!!
Dá-lhe um empurrão na minha direção.

F.Campos

7 comentários:

Rosan disse...

oi.
lindo poema.
quero que o vento também sopre...
amor e paz em minha direção...
paz na direção de todos nós.

beijo

Fatima disse...

Lindeza de poema!
Bjs

as arteiras disse...

Olá, Kotta!
Lindo poema!
Saudades de vc!
tenha uma linda semana!
Bjs!!
As arteiras

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Que lhe sejam bons ventos.Beijos

R.Ferrari disse...

Belo poema bem ilustrado pela foto.
abraços

Graça Pereira disse...

Achei o poema lindo e fora do vulgar...quem não gostaria que o vento desse uma ajudibha??
Beijo
Graça

Roberta Granada disse...

Oi, adoro teu blog , tudo muito lindo como sempre,passei para ver as novidades e para te convidar para visitar meu blog também,sobre artesanato em geral, com várias dicas,e visite minha loja com peças tricotadas a mão exclusivas,beijokas
http://agulhaetricot.com
http://agulhaetricot.blogspot.com
http://titacarre.elo7.com.br